Tarte "invertida" de tomate e queijo de cabra


Aqui no reino da Bélgica há um clássico das tartes que se chama tatin, é uma tarte "invertida", ou seja, a massa coze por cima do recheio. A que está na fotografia devia ser invertida mas eu prefiro a versão tarte normal.

Ingredientes:
- massa folhada;
- 8 tomates;
- 200 g de queijo de cabra;
- 100 g de requeijão ou ricotta ou cottage cheese (facultativo);
- oregãos ou mangericão;
- açúcar ou substituto;
- azeite;
- sal e pimenta q.b.

Aquecer o forno a 210°C. Pelar os tomates, cortar em quatro e retirar as sementes (eu deixo os tomates com pele, ficam bons na mesma e dá muito menos trabalho). Dispor os tomates num tabuleiro, regar com um fio de azeite, polvilhar com um bocadinho de açúcar e e temperar com sal e pimenta. Levar ao forno durante 45 minutos. Os tomates devem ficar com o aspecto dos tomates da fotografia em baixo.

Tomate confite :: outra receita que demora mais tempo

Untar uma forma de tarte com azeite espalhando-o com papel de cozinha. Dispor os quartos de tomate assados na forma, polvilhar com os oregãos ou o majericão. Deitar por cima o queijo cortado às fatias ou desfeito com um garfo. Cobrir com a massa folhada e cozinhar no forno 20 a 25 minutos até a massa ficar estaladiça. Desenformar a tarte tatin virando a forma sobre um prato.

Esta semana foi frustrante em termos de trabalho, hoje resolvi "vingar-me", relaxar e publicar receitas.