Refazer o assento duma cadeira I

Resolvi escrever estas mensagens após um "pedido" da Márcia. Não é um tutorial, é uma mera demonstração de como se refaz o assento duma cadeira em estofamento "à antiga". Cada cadeira tem detalhes e pormenores diferentes, cada caso é um caso e esta cadeira é velha e estava em mau estado, o que eu descobri enquanto a desmontei.

Não pensei em fazer isto tão cedo porque o meu vocabulário de estofamento em português é muito pobre, nem sempre encontro tradução para certas palavras e não consigo tirar fotografias decentes durante o curso porque é de noite e não há luz. Entretanto, resolvi tentar contornar os problemas e aqui vai.

Agrafar a cinta de juta ao quadro da cadeira.

Como a cadeira estava em mau estado, tive que agrafar a juta na parte de baixo do quadro e não na parte de cima onde estava pregada inicialmente.

Eu adoro agrafar, é muito mais rápido do que pregar. Depois, a pistola de agrafos dá uma certa sensação de poder.

Cinta de juta, pregos pequenos e martelo magnético (muito prático)

Penso que o nome desta ferramenta em portuguếs é cavilha, serve para "espetar" na cinta de juta e esticá-la bem. Este é um dos detalhes importantes no estofamento de móveis. E uma razão que me faz pensar que esta ideia para refazer uma cadeira é capaz de não resultar muito bem. 

Cavilhar a cinta de juta.

 Fita de juta bem esticada e agrafada dos dois lados.

Depois de agrafar a cinta de juta é necessário dobrar as pontas e pregá-las. É aqui que se usa o martelo magnético, para poder segurar o prego sem usar as mãos que vão segurar a juta para que esta fique bem dobrada. 

Cinta de juta agrafada e pregada num sentido.

Cinta de juta colocada nos dois sentidos entrelaçada.

Cinta de juta entrelaçada.