Cabeça no rabo: solução fácil


Ter com a cabeça no cu (tradução directa) é uma das minhas expressões preferidas da língua francesa e significa estar de ressaca. Não tenho ressacas (até porque sou uma rapariga muito sóbria) mas às vezes acordo cansada. Sobretudo depois de ter ido sair (Foals ao vivo, concerto fenomenal!). Este domingo acordei com a cabeça lá em baixo. Com duas crianças cheias de energia (e barulhentas!) ao lado.

Descobri que este batido (gingerbread shake) é semi-milagroso nestas ocasiões: fácil, fresco, nutritivo e não dá trabalho. É só misturar 1 litro de leite de amêndoa, 8 tâmaras, gengibre, canela, cardamomo, cravinho (tudo em pó) e 4 cubos de gelo no liquidificador.

Desta vez não fiz as bolachas.