Porque faço o que faço?

Esta etiqueta "365 dias" é um exercício de escrita que tenho andado a adiar há uns três meses. Mudei de site, mudei de blog, deixei de escrever em português. E tenho saudades. Vou voltar ao meu blog de sempre, em português, sinto que estou a voltar a casa. E vou usá-lo para fazer estes exercícios. O que quer dizer que este blog está vivo outra vez mas duma forma especial. É um caderno de exercícios de escrita, é o meu blog para as minhas leitoras que eu, feita parva, abandonei para escrever noutras duas línguas. Hoje li um post num blog que aborda a dificuldade da escolha da língua de escrita. Vou voltar a escrever em português, vou continuar em inglês manhoso, vou abandonar a escrita em francês. É demasiado difícil escrever em duas línguas estrangeiras, uma chega em conjunto com a minha língua.


Agora vou tentar responder à questão do título e fazer o exercício duma vez por todas.

Eu comecei a fazer o que faço, costura pouco ortodoxa, como hobby. Comecei por fazer roupa para mim quando tinha 16 anos. Fazia demasiada roupa demasiado depressa. Passado pouco tempo a máquina de costura (uma Singer que a minha mãe ainda tem e que funciona) teve um problema técnico e deixei de coser. Voltei a fazê-lo em Bruxelas, em Setembro de 2005. Fomos, eu e o meu namorado (actual marido), a um supermercado ALDI comprar uma máquina de costura que estava em promoção. Nota: fomos de bicicleta, muito prático. Foi com esta máquina que recomecei e aprendi a costurar. Passado algum tempo e para se desculpar por se ter esquecido do meu aniversário duas vezes, meu marido ofereceu-me uma Bernina. E depois uma corta-e-cose. Eu adoro costurar, ajuda-me a relaxar e é útil. Tal como tantas outras coisas, como fazer cosméticos ou sabões que já não faço porque me falta o tempo (continuo a fazer certos produtos de limpeza).

Tivémos obras cá em casa e durante alguns meses não pude costurar (como neste preciso momento, coisa que deve acabar este fim-de-semana). Mesmo assim consegui fazer alguns bonecos e uns tutorais de costura. Foi maravilhoso, foi o momento em que descobri que não só adoro mas preciso de passar algumas horas com a máquina de costura para me sentir útil e feliz. Adoro fazer bonecos! E adoro ensinar a fazer bonecos. Os kits já estão disponíveis há algum tempo. O curso online vai ser traduzido em português brevemente. Se quiserem podem coscuvilhar aqui.

Vélo = bicicleta
Remorque = reboque


Desenhos feitos pela minha filha aos 5 anos, foi a primeira encomenda que ela teve