Óculos :: a redescoberta do mundo


O meu filho, que tem 19 meses, começou a usar óculos. Tem um estrabismo ligeiro a ser corrigido com um penso à pirata e é hipermetrope. Eu não sei muito bem o que sentir em relação a isto, a primeira consulta de oftalmologia foi uma muito má experiência, o médico não era nada simpático, bufou porque o meu filho chorou, fiquei com a impressão de que não viu muito bem o que está a passar-se e não explicou sequer o que é a hipermetropia. Consegui marcar uma segunda consulta com outro oftalmologista para breve. E isto é óptimo porque uma consulta de oftalmologia tem que ser marcada com dois a doze meses de antecedência. E pela primeira vez sinto que preciso duma segunda opinião, mesmo depois de verificar que os óculos estão a ter um efeito positivo.

Os óculos estão a servir para redescobrir o mundo, é fantástico ver o meu filho a olhar para tudo o que o rodeia de outra forma e com outra atenção. E é maravilhoso poder acenar-lhe de longe e confirmar que ele me vê. Mas sinto-me aliviada porque o problema foi detectado cedo e finalmente ele consegue ver bem.